segunda-feira, 30 de agosto de 2010

*1-VELOCIDADE REDUZIDA* *2-RECEITA:MANDIOCA COZIDA DIFERENTE*


*VELOCIDADE REDUZIDA*

Um homem dirigia em alta velocidade quando se deparou
com uma placa que dizia: 'Reduza a 70km!' E diminuiu para 70.
Veio outra placa: 'Reduza a 50 km'. Sem entender, reduziu de
novo. 'Outra placa: 'Reduza a 30 km'. O homem ficou bravo e
reduziu. A placa seguinte dizia: 'Reduza a 10 km'. Já estava
com o carro quase parando, ele viu mais uma placa: 'Reduza
a 5 km'. Inconformado, ele saiu do carro e seguiu empurrando,
para seguir a sinalização. Cansado, e grilado da vida,
avistou a última placa: 'Bem-vindos a REDUZA!'
(Jornal DAQUI)
(Imagem da internet)

*RECEITA: MANDIOCA COZIDA DIFERENTE*

INGREDIENTES:
800 g de mandioca descascada
Sal a gosto
3 colheres (sopa) de manteiga
3 dentes de alho picados
1 cebola pequena ralada
2 colheres (sopa) de salsa picada para polvilhar

MODO DE PREPARO:
Primeiro, coloque a mandioca em pedaços na panela de pressão
e cubra com água. Acrescente sal, tampe a panela e cozinhe
por 30 minutos após pegar pressão. Desligue o fogo, tire
toda a pressão da panela, escorra e transfira para uma
travessa. Em uma panela pequena, derreta a manteiga e frite
o alho até começar a dourar. Junte a cebola e refogue até
ficar transparente. Despeje o refogado por cima da mandioca,
polvilhe com a salsa e sirva em seguida.
FONTE: tudogostoso.uol.com.br
(Imagem da internet)



terça-feira, 24 de agosto de 2010

*1-A SECA* *2-RECEITA DE BIFES DE CENOURA*


*A SECA*

Não chove há meses. O homem do sertão olha com tristeza a
paisagem castigada pelo sol. Ele olha e não vê o rio. Do rio
só restou o leito. Ele olha as bicas e as cacimbas. Elas
estão secas. Ele olha a terra estorricada e não enxerga
nenhuma plantação. Só vê árvores desfolhadas e retorcidas...
A contemplar a criação, morrendo de fome e sede, ele se
lembra da mulher e dos filhos. Os coitados também estão
sedentos e famintos...
Naquele inferno só lhe resta uma saída: fugir, fugir com a
família para não morrer.
É assim que começa a longa e triste jornada dos flagelados. A
fuga do sertão, castigado pela seca, é um doloroso drama que
se repete periodicamente no Nordeste brasileiro. São levas e
levas de homens, mulheres e crianças, esfomeados e maltrapilhos,
a se arrastarem pelo caminho sem fim, em busca de terras onde
as águas correm de inverno a verão. As doenças surgem e os dizimam.
Eles enterram seus mortos queridos e continuam a caminhar... E
assim, vencendo as distâncias e resistindo aos suplícios da sede
e da fome, eles chegam ao fim da sua dolorosa jornada...

Então começa para os flagelados um novo drama. Sem teto, em trapos
e famintos, eles imploram a ajuda de seus patrícios. Suplicam
pão e trabalho. Alguns são felizes e resolvem ficar. Outros,
roídos pelas saudades, acalentam a esperança de um dia poderem
voltar...
O tempo passa. Para os que sofrem em terras estranhas, meses
duram anos...
Um dia, a notícia corre alvissareira:
- Está chovendo no sertão!
Não contendo sua alegria, o retirante pega a mulher e os filhos
e toma o caminho de volta.
(Henrique)
(Imagem da internet)

*RECEITA: BIFES DE CENOURA*

INGREDIENTES:
4 cenouras
1 cebola
2 colheres(sopa)de tempero em pó
1 pitada de sal
1 pitada de pimenta moída
4 ovos
3 xícaras de farinha de rosca

MODO DE PREPARO:
Rale as cenouras; depois misture-as com a cebola bem picada,
o tempero em pó, o sal, a pimenta. Mexa bem todos os ingredientes
e junte os ovos e, aos poucos, a farinha de rosca. Misture bem
até que a massa fique homogênea. Faça bolinhas e achate-as com
a palma da mão. Frite os bifes em óleo bem quente.
FONTE: tudogostoso.uol.com.br
(Imagem da internet)

domingo, 22 de agosto de 2010

*1-QUASE MATOU O NAMORADO* *2-RECEITA: CALDO DE CARNE RÁPIDO*


*QUASE MATOU O NAMORADO*

A britânica Claire Smedley contou em entrevista que seus
enormes peitos quase mataram sufocado seu namorado, Steven,
quando eles faziam sexo. Segundo o G1, cada seio de Claire
pesa mais de 6,3 quilos. Mãe de três filhos, Claire, de
27 anos, contou que o namorado começou a se debater na cama.
"Poucos tempos depois, notei que ele tinha parado de se mexer",
relatou. Claire destacou que ficou em pânico e quase ligou
para o serviço de emergência. Mas ela não precisou ligar,
pois ele recuperou a consciência.
(Jornal DAQUI)
(Imagem da internet)

*RECEITA: CALDO DE CARNE RÁPIDO*

INGREDIENTES:
1/2 kg de carne magra e tenra
1 litro de água
1 colherinha de sal
1 cenoura média
1 cebola pequena (ou 1 alho poró)

MODO DE PREPARO:
Passe a carne na roda mais fina da máquina de moer. Coloque-a
na panela, junte a água fria, a cebola em rodelas e a cenoura
picada. Deixe ferver por 30 minutos ou pouco mais. Passe por
um guardanapo úmido e sirva bem quente com torradas ou
utilize como caldo.
Obs: Este caldo é recomendado para a preparação de sopas
para crianças e doentes.
Também pode fazer com pedaços de frango, fica delícia!
Faça o caldo e depois jogue os pedaços de frango.

FONTE: tudogostoso.uol.com.br
(Imagem da internet)

terça-feira, 17 de agosto de 2010

*1-O SUJEITO VOLTA DE UM SAFARI E COMENTA SUAS AVENTURAS COM UM AMIGO* *2-RECEITA: ABACATE EMBRIAGADO*


* O SUJEITO VOLTA DE UM SAFARI...*

-Rapaz! Eu estava no meio da selva, quando de repente ouço
um barulho. Olho para trás e vejo um leão enorme, lambendo
os beiços. Ele começa a vir em minha direção e eu, a correr.
O leão vem logo atrás e quando sinto o bafo dele na minha
nuca, eu viro pra direita e ele escorrega. Eu aproveito
para me distanciar. O leão se levanta e continua a me
perseguir. Novamente, quando sinto seu bafo, eu viro pra
esquerda e o leão escorrega.
Nisso eu vejo uma casinha e quando estou indo para lá,
sinto que o leão está quase me alcançando. Ele escorrega
novamente e eu consigo entrar na casa.
- Nossa, cara! Que loucura! - exclama o amigo .- Eu
teria me borrado todo!
- E no que você acha que o leão escorregava?

(Warley A. Damião)
(Imagem da internet)

*RECEITA: ABACATE EMBRIAGADO:*

INGREDIENTES:
4 abacates
2 Cálices de vinho doce ou licor
Açúcar à gosto

MODO DE PREPARO:
Corte os abacates ao meio, retire o caroço e corte a polpa
em pedacinhos. Arrume em taças. Espalhe o açúcar por
cima do abacate e regue com o vinho. Sirva à seguir.

(Jornal DAQUI)
(Imagem da internet)

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

*1-BRINCAR DE SENHORA* *2-RECEITA: TORRADINHA DE QUEIJO*


*BRINCAR DE SENHORA*

Penteio os cabelos para cima, faço um coque, depois enfio
o vestido da mamãe, ponho o colar e a pulseira dela, calço
os sapatos de salto alto e pinto-me. Desfilo diante do
espelho, faço pose como se fosse um manequim e finjo que
recebo visitas. "Se alguém me visse iria pensar que estava
louca." Falo sozinha, gesticulo como se estivesse acompanhada.
Tudo isso é uma grande diversão. Tenho apenas 9 anos.

***Ana Maria Gonçalves***
(Imagem da internet)

*RECEITA: TORRADINHA DE QUEIJO*

INGREDIENTES:
1/2 xícara (chá) de azeitona verde picada
1 xícara (chá) de queijo mussarela ou prato ralado.
3 colheres (sopa) de maionese
Orégano a gosto (opcional)
4 fatias de pão de fôrma

MODO DE PREPARO:
Misture os quatro primeiros ingredientes e passe nas fatias
de pão. Leve ao forno pré-aquecido por 10 minutos.
Sirva quente.
FONTE: www.tudogostoso.uol.com.br
(Imagem da internet)

sábado, 14 de agosto de 2010

*1-O ZABUMBAR DA ZABUMBA* *2-RECEITA: COSTELA FÁCIL*


*O ZABUMBAR DA ZABUMBA*

Ouvindo nessa tarde o zabumbar da zabumba, comecei a dançar
um bailado nacional chileno: o 'zamacueca'. Bailei tanto que
meus olhos doeram e ficaram zambaio; quem visse, não sabia
para quem eu estava olhando. Nisso, o céu fechou-se e desceu
uma zamborrada deixando-me encharcada; não fiquei zangada,
apenas um pouco triste, pois estava vestida com um zangalete
que ficou bem sofrido. Fiquei zaranzado por ali, ainda um
pouco zarolha. Pensei em zarpar devagarinho, mas o zelador
barrou minha saída.
Como eu tenho zelo, continuei parada, só - 'zoiando' -.
Usei até meu zeoscópio para ver a quantidade de água da
chuva que ficou.
Ziguezagueei ainda um ritmo carnavalesco: o 'zé-pereira';
cansei, me despedi e saí de perto da zabumbada.

***Ana Maria Gonçalves***
(Imagem da internet)

*RECEITA: COSTELA FÁCIL*

INGREDIENTES:
1 kg de costela de vaca
2 pimentões verdes picados
2 tomates picados
2 cebolas picadas
Bacon em tiras a gosto
2 tabletes de caldo de costela
1 colher de sobremesa de sal grosso

MODO DE PREPARO:
Leve tudo ao fogo na panela de pressão por mais ou menos
40 minutos ou até que a costela fique bem macia. Depois
distribua a carne em um refratário e leve ao forno
pré-aquecido por mais 20 minutos.

FONTE: tudogostoso.uol.com.br
(Imagem da internet)

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

*1-MILAGRE DA GRAVIDEZ* *2-RECEITA: BOLINHO DE ARROZ ASSADO*


*MILAGRE DA GAVIDEZ*

Uma mulher descobre que uma amiga ficou grávida só com
uma oração que rezou na igreja de uma aldeia próxima.
Dias depois, a mulher, que não conseguia engravidar do
marido, foi a essa mesma igreja e disse ao padre:
- Padre, soube que uma amiga minha veio aqui e ficou
grávida só com uma 'ave-maria'.
- Não, minha filha, foi com um 'padre nosso', mas já
o transferimos para o Paraguai.

(Jornal DAQUI)
(Imagem da net)

*RECEITA: BOLINHO DE ARROZ ASSADO*

INGREDIENTES:
2 xícaras (chá) de arroz cozido
1/2 xícara (chá) de queijo ralado
1/2 xícara (chá) de leite
2 ovos
2 colheres (sopa) de cheiro verde
1/2 xícara (chá) de amido de milho
1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó

MODO DE PREPARO

Em uma tigela, coloque o arroz cozido, o queijo, o leite,
os ovos, o cheiro verde, o amido e a farinha, misture até
ficar homogêneo. Acrescente o fermento e misture. Deixe
descansar por 10 minutos. Com o auxílio de duas colheres
(sopa) modele os bolinhos e coloque-os em uma assadeira
untada. Leve ao forno por 20 minutos.
FONTE: tudogostoso.uol.com.br
(Imagem da net)

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

*1-CAIPIRA NA FARMÁCIA* *RECEITA: PUDIM DE LEITE EM PÓ*


*CAIPIRA NA FARMÁCIA*

O caipirinha diz pro pai:
-Pai, vô pra cidade arrumá uma muié.
O pai avisa: - Num esquece então de se cuidá, uai.
-Como assim pai?
-De usá proteção. Vai na farmácia e pede a tar da camisa.
O caipirinha então chega na cidade, arrumá uma muié pra
sair à noite e lembra do que o pai disse. Chegando à farmácia,
um dos farmacêuticos olha pro outro e fala:
-Olha aí um caipira. Vou armar uma com ele.
Virando-se para o caipirinha diz: - Meu rapaz, o que você
deseja?
O caipira fala:
-Ocê tem camisa?
-Sim, mas não tem manga.
O caipira responde
-Num tem importância, quem vai usá não tem braço.

(Jornal DAQUI)
(Imagem da net)

*RECEITA: PUDIM DE LEITE EM PÓ*

INGREDIENTES:
1 lata de leite condensado
1 lata de leite
4 colheres de leite em pó
3 ovos

MODO DE PREPARO:
Bata tudo no liquidificador e asse em banho-maria. Depois de
assado coloque calda de sorvete de sua preferência e deixe
gelar. Pode ser assado em assadeira de furo no meio
ou de vidro.
(Jornal DAQUI)
(Imagem da net)

domingo, 1 de agosto de 2010

*1-TANTA GENTE* *2-RECEITA: MOUSSE DE BEIJINHO*


*TANTA GENTE*

Quando, como hoje, relembro minha infância, imediatamente eles
surgem arrastando trapos, descalços uns, mal calçados outros,
vozes guturais em alguns, aqui e ali vozes claras, figuras
físicas diversas, homens e mulheres, gordos e magros, todos
vivendo além da fronteira da razão. Relembro agora os tipos
populares de minha terra, no tempo de menina.
O "Diabo atrás da saia" era uma negra alta, magra, de pernas
finas e tuíras. Sempre com um guarda-chuva que, de tanto
fazer-lhe companhia, terminara parecendo com ela, fisicamente.
Andava sempre espantando o diabo, que a perseguia colado à sua
saia de cor indecisa. Gritava-se: "Diabo atrás da saia!" e o
guarda-chuva movimentava-se, ela esbravejava, dizia todos os
palavrões do mundo e corria atrás dos moleques que éramos
todos nós, meninos de meu tempo, ricos e pobres, negros e brancos.

Quantos anos teria aquela mulher? Como e onde vivia? Ninguém
saberia dizê-lo, e só muito mais tarde, já mocinha, comecei a
respeitá-la. "Diabo atrás da saia" teria uma estória de
mocidade e de vida. Que fora, onde vivera? Foram perguntas que
se impuseram mais tarde; nos dias de infância eu me divertia
apenas gritando a alcunha da velha, indiferente a seus
sofrimentos, aos palavrões, à agitação que provocávamos
naquela vida tão triste.
Cega de um olho, pequenina, andando sempre depressa, muito
depressa, (onde iria assim?) passava a "Burra cega"; depois
a "Tainha" monologando e muitas vezes parando para abrir
os braços num gesto de desespero.
- Tainha!
- Burra cega!

E a correria, enquanto pedras passavam zunindo sobre as cabeças.
Sabíamos que estávamos procedendo mal; já nos fora dito que com
a desgraça das criaturas não se brinca, mas não sentíamos a
necessidade da proibição. Todo mundo mexia com aquela gente.
Por que iríamos respeitá-la?
Palavrões enchiam a rua, mas eram muito mais fracos do que
nossos gritos e nossos risos. Éramos tão felizes que nossa
alegria podia controlar e esconder a desgraça de outros.

(Morais, Eneida Costa de. "Tanta Gente". Antologia Escolar
de Crônicas. Rio de Janeiro, Ed. Ouro)
(Imagem da net)


*RECEITA: MOUSSE DE BEIJINHO*

INGREDIENTES:
1 lata de leite condensado
200 ml de leite de coco
100 g de coco ralado
1 lata de creme de leite
Cravos para decorar

MODO DE PREPARO:
Em uma panela, adicione o leite condensado, o coco ralado
e o leite de coco. Leve ao fogo até engrossar, mexendo
sempre. Tire a panela do fogo e misture com o creme de
leite (de preferência sem soro).
Distribua em potinhos e decore com os cravos. Deixe
na geladeira por cerca de 2 horas antes de servir.

FONTE: www.tudogostoso.uol.com.br
(Imagem da net)